Cuidados com seu West

Alimentação  | Vacinação | Higiene | Doenças



Alimentação

alimentacao-westie-terrier

Nas primeiras 24 horas de vida do filhote West é essencial a ingestão de colostro, pois contém anticorpos maternos que os protegerão contra infecções nas suas primeiras horas de vida.

É importante ficar atento para verificar se a mãe permanece junto ao filhote, amamentando adequadamente.

Os filhotes devem mamar de 4 a 6 vezes ao dia e de três a quatro semanas já começam a se interessar por alimento sólido, iniciando o desmame por volta de 30 dias.

A sugestão durante esse período e é oferecer papinha para desmame em pequenas quantidades, cinco vezes ao dia até completar 45 dias de vida, onde começa o desmame definitivo.

Nesse momento o filhote está apto a comer ração própria para filhote, que deverá ser administrada até os 10 meses.

Após esse período, já é possível oferecer a ração própria para adulto, para cães de pequeno porte.

A Royal Canin desenvolveu uma linha para cada raça, e você encontra a Royal Canin West Highland Terrier Adult.

Deve-se levar sempre em consideração o custo x benefício de cada ração,  porém a qualidade da ração é fundamental para a saúde do seu cão e o seu amiguinho merece uma alimentação tão especial quanto ele.

Vacinação

vacinacao-westie-terrier

A vacinação é importante para proteger seu filhote de muitas doenças. As aplicações devem ser iniciadas por volta dos 45 dias de vida.

Para filhotes: Múltipla (V8 ou V10), sendo 3 doses com intervalos de 21 dias. Anti-rábica: 1 dose aos 4 meses de idade.

Para adultos: Revacinar anualmente (Múltipla e Anti-rábica).

A vermifugação também é indicada, para filhotes (4 vezes ao ano). Para adultos, no mínimo 2 vezes ao ano.

Você não deve levar seu cão para passear na rua antes que ele tome todas as vacinas necessárias (3 doses). Será considerado protegido após 15 dias da aplicação da última vacina.

Higiene

hgiene-westie-terrier

A higiene é muito importante para a saúde do seu West. Apesar de precisar de pouca limpeza, você deve fazer de forma correta e regular.

Escovação

Escove o pelo de preferência todos os dias, pois apesar de não ter um pelo muito grande, costuma ter nós. Outro benefício é que elimina poeira e os pelos mortos. Utilize uma escova de cerdas curtas.

Banhos

Banhos são permitidos apenas após a 4ª semana de vida, com água em uma temperatura agradável. Atente para: evitar correntes de ventos, água nos ouvidos e use shampoo apropriados para filhotes. Seque-o com extremo cuidado para evitar fungos ou dermatites.

Para banhos em Pet Shop, seu filhote deve estar com todas as vacinas aplicadas.

Recomenda-se banhos a cada 15 dias e o corte das unhas também, bem como o o corte dos pelos ao redor das patas.

Importante ressaltar que banhos excessivos podem originar  alergias e ressecar a pele do West, da mesma forma recomenda-se usar shampoo especial para evitar problemas.

Outro aspecto a considerar é a limpeza dos ouvidos. Devido à sua forma grande e pontiaguda, traz como consequência a acumulação de sujeira e proliferação de bactérias. Por isso recomenda-se limpar uma vez por semana.

Dentição

É importante a higiene dental para previnir a formação de cálculos dentários (tártaro), mau hálito, inflamação da gengiva e até queda dos dentes. A escovação (mínima de 3 vezes por semana) é um hábito que deve ser introduzido gradativamente.

Os filhotes possuem dentes ao nascer e a sua troca ocorre entre 4 e 7 meses de idade, quando tentam morder tudo para aliviar o desconforto.

Providencie brinquedos e ossinhos apropriados.

Necessidades Fisiológicas

Você deve estabelecer o local onde seu West deverá defecar e urinar. Use folhas de jornal ou tapete higiênico, pingue de 4 a 8 gotas de atrativo sanitário e coloque no local onde ele deverá fazer suas necessidades.

Procure levá-lo a esse local várias vezes ao dia para que ele possa se adaptar. Caso ele utilize outro local, repreenda-o e limpe o local para retirar qualquer resíduo de urina e fezes.

Doenças

doencas-westie-terrier

Os Westies são cães que, devido à sua história como caçador, possui boa resistência. No entanto, são especialmente suscetíveis a desenvolver problemas de pele e alergia como seborreia além de:

Alergia Atópica

Alergia da pele devido à àcaros, plantas e alimentos. O tratamento deve ser feito com o veterinário para descobrir a causa da alergia.

Parvovirose

É uma doença muito encontrada em regiões com muitos cães, onde provoca no animal diarreia com sangue e um cheiro muito fétido, geralmente o animal começa a perder o apetite e em alguns casos vomitar. O filhote acaba desidratando.

Coronavirose

Muito parecido com a Parvovirose, mudando somente o agente.

Cinomose

Doença muito grave levando muitas vezes ao óbito, muito contagiosa, onde o animal apresenta diarreia em jatos, com muito mal cheiro e vômitos constantes, podendo em alguns casos ter sintomas neurológicos como tremores de patas e cabeça.
Logicamente nem sempre uma diarreia ou um vômito poderão ser uma destas
doenças,  podendo no caso ser uma leve intoxicação ou até mesmo uma mudança drástica de alimentação ou mesmo o stress de mudança de vida do filhote.

White Shaker Dog Syndrome

Uma síndrome que provoca tremores generalizados e acomete especialmente cães de pequeno porte, entre eles o Westie. Existe uma forte associação entre essa síndrome e a pelagem branca dos cães, o que sugere que o causador deste quadro seja um fator neurológico envolvendo a melanina e os neurotransmissores.

filhotes-westie-terrier

Seguindo todos os cuidados e dicas do Canil Olimpus, seu filhote vai crescer forte e saudável!

Para saber mais sobre a raça do cachorro do ig, visite SOBRE A RAÇA